Videotoracoscopia – Dúvidas sobre o pós-operatório

19 de julho de 2016

Procedimento geralmente é seguido de colocação de um dreno para tirar secreções do tórax.

1) Para que serve a videotoracoscopia?

A videotoracoscopia, uma cirurgia minimamente invasiva, serve para realização de vários procedimentos torácicos, como: biópsias de pleura, pulmão e mediastino; ressecção de segmentos pulmonares para tratamento de pneumotórax, bolhas de enfisema, nódulos etc.; ressecção de tumores da pleura e do mediastino; pleurodese; limpeza de hemotórax e empiema; decorticação pulmonar entre outros.

2) Para que serve o dreno? 

Os drenos de tórax são colocados geralmente ao redor do pulmão (na cavidade pleural) e estão sempre conectados a um coletor. Os cuidados e a manutenção desse sistema influenciarão diretamente o resultado da cirurgia. Através desse dreno, o médico acompanha as características da secreção, quantidade de drenagem e a presença de fuga aérea. A enfermagem fica responsável pelos curativos, troca do líquido do selo d´água e anotação diária do débito de drenagem.

3) Por quanto tempo o dreno de tórax permanece? 

Exceto na simpatectomia e em casos selecionados, é rotina colocar um dreno de tórax para recuperação da videotoracoscopia. O dreno permanece o tempo que for necessário, dependendo do caso e do tipo de cirurgia. Em média, de 2 a 4 dias.

4) Quanto tempo de internação? 

O tempo que o dreno precisar permanecer no tórax. Normalmente, dá-se alta hospitalar no dia seguinte à retirada do dreno, ou seja, em média de 3 a 5 dias.

5) Como é a dor do pós-operatório? 

A dor varia de paciente para paciente, mas é bem controlada com analgésicos comuns. Após a retirada do dreno a dor alivia muito.

6) Em quanto tempo poderei voltar às atividades habituais? 

A videotoracoscopia é uma cirurgia minimamente invasiva, ou seja, com pouca agressão ao paciente. Após a alta hospitalar, recomendam-se mais 4 dias de descanso em casa para poder voltar às atividades habituais, como dirigir, trabalhar e estudar. Atividade física deverá ser reiniciada a partir de 15 dias de pós-operatório, dependendo do tipo de cirurgia realizada.

Relacionados